SEO para jornalistas: Como impulsionar o seu negócio

Muitas empresas estão exigindo o conhecimento de SEO como diferencial na contratação de um profissional, pois a especialidade é uma das mais importantes nesse segmento.

Você deseja conhecer essa modalidade? Sabe quais conhecimentos sobre o assunto é preciso dominar e como ela funciona para jornalistas? Confira neste artigo tudo o que é preciso saber para impulsionar o seu negócio.

O que é SEO?

SEO é a sigla para Search Engine Optimization e refere-se à otimização dos mecanismos de pesquisa. Trata-se de um conjunto de técnicas para otimizar páginas web, como lojas virtuais, blogs, redes sociais e sites.

A otimização de uma página web nos mecanismos de pesquisa permite que um site alcance boas posições no ranking de plataformas, como o Google, o Yahoo! e o Bing, de forma orgânica para obter o maior tráfego possível, além de aumentar a autoridade na internet.  

O SEO é uma poderosa ferramenta de Marketing Digital que ajuda uma página a conquistar visibilidade e atingir o público-alvo desejado.

Como funciona o SEO para jornalistas?

De forma mais clara, SEO é um conjunto de técnicas que trabalham palavras-chave (termo utilizado para pesquisar algo, por exemplo, agência digital Porto Alegre), para que, quando os usuários realizem uma busca, o site da empresa seja indicado entre as primeiras posições do ranking.

Além do tráfego orgânico e do aumento de autoridade, com esta ferramenta é possível aumentar o número de vendas de uma empresa, uma vez que há chances de aumentar o número de conversões. Isso ocorre, principalmente, se o conteúdo for de qualidade e otimizado, e essa é uma das partes que inclui o profissional de Jornalismo.

Confira a seguir como funciona o SEO para jornalistas.

Quais são as técnicas de SEO?

O SEO é dividido em duas categorias: SEO On-Page e SEO Off-Page. Elas podem ser conferidas a seguir de forma detalhada.

Técnicas de SEO On-Page

O SEO On-Page é relacionado às estratégias que são utilizadas em sites, blogs e demais páginas webs (saiba como otimizá-los com técnicas de SEO).

Elas são aplicadas para oferecer conteúdo de qualidade aos usuários, abrangendo desde a escolha do título – que deve ser otimizado com o uso de palavras-chave -, até a estrutura de subtítulos.

A palavra-chave é repetida diversas vezes no texto, entre outras estratégicas, que podemos acompanhar a seguir.

Estrutura dos títulos e subtítulos otimizados

O profissional de Jornalismo deve conhecer diferentes tipos de estruturas textuais, como narração, descrição e dissertação.

No entanto, quando se trata de SEO, algumas estratégias devem ser seguidas para otimizar o conteúdo e receber bons resultados.

Neste caso, o título e os subtítulos devem ser bem claros, possuir no conteúdo a palavra-chave principal, além de respeitar a seguinte hierarquia de edição: H1, H2, H3, H4.

O H provém de header e o número é a ordem de importância e divisão do conteúdo, por exemplo:

“Quanto ganha um jornalista? (H1), Quanto ganha um jornalista iniciante? (H2), Quanto ganha um jornalista sem experiência? (H3)”.

A palavra-chave aqui é “quanto ganha um jornalista”. Como podemos observar, ela é o foco do conteúdo, que deve estar otimizado de acordo com a mesma para ser sugerido ao usuário quando o mecanismo de busca realizar a análise e dar a resposta ao termos pesquisados.

Manter uma ordem e uma estrutura no artigo otimizado são essenciais, pois, além de atender aos requisitos dos mecanismos de busca, torna o conteúdo mais agradável aos olhos do usuário, facilitando para que os robôs avaliem a sua ordem de relevância.

Realização da meta descrição em sites, blogs e afins

A meta descrição é um resumo que inclui informações sobre o conteúdo da página, ou seja, o texto produzido.

O resumo aparece abaixo do link da página nos mecanismos de pesquisa e devem ter no máximo 160 palavras. Além de conter a palavra-chave, o mesmo precisa ser instigante para fazer com que o usuário acesse ao site.

Edição de URL para que se tornem amigáveis

Quando um conteúdo é publicado, os sites geram uma URL automática. No entanto, é possível alterá-la, quando necessário.

É importante que a URL (Uniform Resource Locator) possua a palavra-chave, mas, em alguns casos, a mesma não é incluída quando gerada automaticamente. Aparecem números e letras que, além de não serem confiáveis para o usuário, perdem pontos no critério de relevância do mecanismo de pesquisa.

Compare os dois exemplos:

Errado: www.jornaldiarioPA.com/ps=099980&r

Certo: www.jornaldiarioPA.com/quanto-ganha-um-jornalista

Como podemos observar, a segunda opção é agradável aos olhos, atendendo às normas de SEO, já que inclui a palavra-chave, além de ter maior relevância.

Técnicas de SEO Off-Page

Esta estratégia é tão importante quanto a mencionada anteriormente, pois envolve o direcionamento de links para as páginas do site, realizado através de outros endereços na web. Como esta técnica funciona?

A estratégia consiste em fazer com que outros sites incluam o link do seu endereço web na página de conteúdo deles. Isso faz com que outros usuários conheçam seu site e seu domínio conquiste maior autoridade nos mecanismos de busca.

Quando o SEO On-Page é combinado com o Off-Page, a estratégia adquire ainda mais força e torna-se relevante para a análise dos sites busca na internet.

A maior dúvida em relação ao SEO Off-Page é como conseguir links em outros sites. Confira a resposta para esse questionamento, a seguir.

Procure parceiros

A ideia é estabelecer parcerias com blogs associados ao seu nicho, que possam realizar o post de conteúdo (otimizado on-page e com o link na palavra-chave, direcionado para o seu blog ou site).

Links de comentários

Os links de comentários são uma das estratégias SEO Off-Page que ajudam com o direcionamento, mas para isso é necessário realizar comentários em fóruns, sites e outros blogs na internet, relacionados ao seu nicho.

Realize o comentário e finalize com o link do seu site.

Redes sociais

As redes sociais devem estar presentes no seu blog ou site, a fim de ajudar com a segmentação. Além disso, nas páginas ou perfis dos seus canais digitais, realize postagens de acordo com o conteúdo do seu blog, sempre informando os links direcionados para sua empresa.

Essa é uma boa estratégia para vendas, ou seja, se você ou seu cliente possui uma loja virtual, não podem perder tempo.

O que é Jornalismo online?

O jornalismo online se tornou uma realidade assim que a internet surgiu. Com o crescimento de sites, blogs, redes sociais e diversas páginas online de comunicação, este segmento ganhou destaque.

Diferentemente do Jornalismo tradicional (jornal, rádio, TV, folhetos e revistas), este novo segmento teve uma revolução em relação às estratégias e a produção de conteúdo, tendo que se adequar às inovações tecnológicas e diferenças do mercado.

Um profissional de Jornalismo online exerce a criação de conteúdos estratégicos para empresas, sites, blogs e redes sociais, além de atuar junto a profissionais da área de marketing digital. Ele deve estudar estes conceitos para oferecer um conteúdo de qualidade de acordo com as novas demandas do mercado.

Uso de palavras-chave certas

Para realizar o uso correto de palavras-chave, é necessário utilizar ferramentas, como o Ahrefs. O software auxilia nas buscas dos termos mais realizados pelos usuários dentro de um nicho específico, mostrando o volume de buscas e a dificuldade de posicionamento.

Caso você deseja prestar assessoria de SEO em Porto Alegre, pode pesquisar no Ahrefs o volume de buscas para a palavra-chave “assessoria SEO Porto Alegre”. A ferramenta irá mostrar como resultado os dados sobre a procura dos usuários pelo termo e palavras associadas que podem ser utilizadas, conhecidas como “cauda-longa”.

Como mencionado, as palavras e frases-chave devem ser utilizadas na estrutura do conteúdo, meta descrição e links. Além disso, o trabalho off-page deve ser realizado para serem obtidos melhores resultados.

Como o SEO é usado no Marketing de Conteúdo?

O SEO é utilizado no Marketing de Conteúdo através da técnica on-page, como mencionado anteriormente.

No caso, o conteúdo deve seguir a estrutura elaborada pela ferramenta, que é realizada de acordo com os critérios do mecanismo de pesquisa.

Quando o texto segue esta estrutura, facilita a leitura do mecanismo de busca, definindo de forma imediata se o conteúdo será relevante ou não para o usuário.

De forma simples, o conteúdo deve conter a palavra-chave ao longo de seus parágrafos, seguindo a regra dos H1, H2 e H3, assim por diante. Além disso, os parágrafos devem ser curtos para facilitar a leitura, conter imagens sem problemas com direitos autorais, citando sempre a fonte e o fotógrafo. Também a imagem deve ser incluída no conteúdo contendo a palavra-chave.

Assessoria de imprensa na internet

A assessoria de imprensa na internet se trata de um segmento para auxiliar pessoas físicas e jurídicas, com objetivo de oferecer conteúdo de qualidade e suporte em situações em que precisam emitir respostas devido aos seus produtos ou serviços para veículos de comunicação e outros públicos.

Para exercer a função, é preciso que o profissional conheça bem a empresa, sua história, premiações, dificuldades e estratégias, além de pontos fortes e os que precisam ser melhorados, públicos-alvo e metas, entre outras informações relevantes para o planejamento e realização de ações.

Mesmo que as ferramentas de marketing digital e anúncios publicitários gerem excelentes resultados, é preciso contar com um profissional como este para elaborar estratégias, sugerir pautas, realizar matérias jornalísticas, divulgar programações, melhorar a imagem da empresa, atender a imprensa e responder a qualquer possível contratempo.

Como ser um bom webwriting?

Um webwriting nada mais é que um profissional que cria conteúdo para páginas web, seja ele formado em Jornalismo, Publicidade e Propaganda, ou Marketing Digital.

No entanto, para se tornar um profissional reconhecido em seu segmento e que produz conteúdo de qualidade, é necessário dominar algumas técnicas para a escrita web, confira. 

Domine SEO

O SEO é um pré-requisito para quem deseja atuar como webwriting, uma vez que é através desta técnica que sites, blogs e lojas virtuais, por exemplo, realizam a otimização de suas páginas para se posicionar no ranking dos mecanismos de pesquisa, atingir o público-alvo, aumentar o tráfego e sua autoridade.

Portanto, dominar o conceito de SEO e como aplicar as suas técnicas é essencial. Leia livros, assista vídeos, pratique em seus textos e peça ajuda para revisão de algum colega ou profissional da área.

Estrutura do conteúdo

Antes de iniciar o conteúdo, é essencial pensar em sua estrutura. Após decidir o tema e o segmento, deve-se ter uma lista com as palavras-chave, título e subtítulos, de acordo com as estratégias de SEO. Além disso, existem diversas plataformas que pode ajudá-lo com a pesquisa das melhores palavras-chave, como o Google Trends e o Adwords.

Dê atenção aos parágrafos

Independentemente de ser um profissional em humanas, ler com frequência ou apenas um usuário que está buscando por uma resposta, sabemos que a leitura é cansativa quando os parágrafos são muito longos.

Imagine um texto de mil palavras que só tem quatro parágrafos? Fica praticamente impossível manter o foco e concluir a leitura, além de ser cansativo para as vistas.

No caso de páginas web, além da leitura se tornar maçante, causa uma poluição visual que faz com que o usuário associe o seu trabalho a não profissional e rejeite o conteúdo, navegando em busca de um conteúdo melhor estruturado.

É essencial que você dê atenção aos parágrafos e deixe-os curtos e com espaços, a fim de facilitar a leitura do usuário e não prejudicar a funcionalidade do site.

Chamadas de ação

É sempre importante concluir o texto, mesmo que ache que o conteúdo já tenha informações o suficiente. Deve-se usar também call to actions (CTAS) para chamar a atenção do usuário sobre algum conteúdo, direcionando-o a uma página de interesse, por exemplo. 

Além disso, convide-o para assinar a  newsletter do seu site ou blog, convidando-o a receber notificações de novos conteúdos.

Briefing

Sempre solicite um briefing ao cliente, contendo as ideias que ele deseja inserir no conteúdo, para que possam discutir sobre a pauta e não deixar nenhum detalhe de lado, além de ponderar aqueles que não são relevantes.

Como é o mercado de SEO para jornalistas?

O mercado de SEO para jornalistas é abrangente, pois ter conhecimento e saber como aplicar estas técnicas se tornou uma das exigências para muitas empresas que contratam este profissional. Além disso, a técnica também é essencial para quem trabalha como freelancer ou autônomo.

Um jornalista que domina e sabe como aplicar esta estratégia pode atuar de forma autônoma, oferecendo os seus serviços ou trabalhando em seus projetos, além de ter sua própria agência, entre outras possibilidades. Também pode ser contratado por agências, portais e editoras, exercendo trabalhos como freelancer.

Como este segmento cresce a cada dia e necessita de profissionais capacitados, a demanda é grande e mostra-se em alta.

O salário de um jornalista que atua com SEO fica, em média, de R$ 2 mil a R$ 3,7 mil. No entanto, o valor não deve ser levado como máxima, pois depende da empresa de atuação e há profissionais que podem ganhar até mais que isso.

Você deseja se tornar um especialista em SEO? Conheça 15 benefícios de SEO para empresas e saiba como impulsionar o seu negócio.

BLOG DE SEO

últimas postagens